Get_URL

Em construção

Documentação Oficial: https://docs.ansible.com/ansible/2.4/get_url_module.html

Sinopse

  • Transfere arquivos de HTTP, HTTPS ou FTP para o servidor remoto.
  • Por padrão, se uma variável de ambiente _proxy for definida no host de destino, as solicitações serão enviadas por meio desse proxy. Esse comportamento pode ser substituído definindo uma variável para tarefa (consulte a configuração do ambiente) ou usando a opção use_proxy.
  • Redirecionamentos HTTP podem redirecionar de HTTP para HTTPS, você deve ter certeza de que seu ambiente de proxy aceita ambos protocolos.
  • No Ansible 2.4 quando executado com –check, ele fará uma solicitação HEAD para validar a URL, mas não fará o download do arquivo inteiro nem o verificará hashs.
  • No Windows, use o módulo win_get_url.
Parâmetro Opções/Padrão Comentários
attributes (Add em 2.3) Atributo que um diretório ou arquivo deve ter. Para descobrir quais opções/flags disponíveis, consulte a página man do comando chattr na máquina de destino. Comando possuí os atributos exibidos pelo lsattr. Apelido: attr
backup (Add em 2.1) Cria um arquivo de backup incluindo informação timestamp para que você consigo restaurar caso tenha algum problema.
checksum (Add em 2.0) Se checksum for incluído, o resumo do arquivo de destino será calculado após o download para garantir sua integridade e verificar se a transferência foi concluída com êxito. Formato: : , por ex. checksum = “sha256: D98291AC […] B6DC7B97” Se você se preocupar com a portabilidade, somente o algoritmo sha1 estará disponível em todas as plataformas e versões do Python. A biblioteca hashlib de terceiros pode ser instalada para acesso a algoritmos adicionais. Além disso, se uma soma de verificação for passada para esse parâmetro e o arquivo existir na localização de dest, o destination_checksum será calculado e, se a soma de verificação for igual a destination_checksum, o download do arquivo será ignorado (a menos que force seja setado como true).
client_cert (Add em 2.4) Certificado em formato PEM pode ser informado e usado para autenticação de cliente SSL. Esse arquivo também pode incluir a chave e, se a chave estiver incluída, client_key não é necessária..
client_key (Add em 2.4) O arquivo PEM que possuí chave usada pode ser usada para autenticação SSL. Se client_cert contiver a key, essa opção não é necessária.
dest Caminho absoluto de onde baixar o arquivo.Se dest é um diretório, nome do servidor ou se nenhum for fornecido, o nome base da URL no servidor remoto será usado. Se for um diretório, opção force não tem efeito.Se dest é um diretório, o arquivo sempre será baixado (independentemente da opção force), mas substituído apenas se o conteúdo for alterado.
force
group
headers (Add em 2.0)
mode
others
owner
selevel
serole
setype
seuser
sha256sum (Add em 1.3)
timeout (Add em 1.8)
tmp_dest (Add em 2.1)
unsafe_writes (Add em 2.2)
url
url_password (Add em 1.6)
url_username (Add em 1.6
use_proxy
validate_certs